11 agosto 2012

Capítulo 5 - Aparências

As aparências, meu caro, julgamento.
A capa do livro importa sim, pois quem compra um livro,
é porque a capa a atraiu, certo?

No mundo cheio de artificialidades, a capa pode enganar muito.
Outrora a capa pode ser feia, mas o livro, um conto mágico, poderoso,
MA-RA-VI-LHO-SO!!!
E outrora a capa pode ser muito atraente e linda, mas o livro um tédio,
um ''fala sério que p0##a é essa?'', e um conto sem sal, amor, amizade.
Sem atração.

Reação, ação, emoção.
É loucura ou não,
tê-lo em minhas mãos?!
Espero que seja de seu coração,
um punhado atirado para o chão.

Certo dia, na sala, amigos, bagunça, provas, tarefas a fazer,
olho naquela direção em que está ele.
Sinto algo especial. Tudo é lindo.
Nariz, olhos, boca, cabelo.
Orelha, pescoço, corpo, mãos.
Pernas, pés, nádegas, costas.
Será que é o que eu acho?!
Volto a olhar...
olhos, boca, nariz, olhos, mãos, olhares, troca de olhares.
TROCA DE OLHARES. Ele me olhou. Ui. O que faço?
Nariz, boca, olhos, boca, olhos.
Agora eu posso dizer...
É ele, É ele..
Que beijo fantástico!

2 comentários:

O que você achou do que acabou de ler? Interessante, legal, poderia ser melhor? Se expresse para que eu saiba o que te agrada e fazer melhor! Sugira temas, envie críticas, elogios, recado! Este espaço é TODO seu. Até a próxima.

© NOME DO BLOG - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Milena Motta.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo