04 agosto 2012

Capítulo 1 - Nuvens de escuridão!

Eu era Sozinha, vivia só na
Solidão. A escuridão me levava pra baixo,
sem eu ter feito absolutamente nada pra ninguém.
Nem pra mim, algo eu fazia. Imagina pros outros.

Na verdade, eu fazia pros outros. Até demais.
E de nada adiantava, os outros, aqueles OUTROS.
Nunca me agradeciam. Não valorizavam a amiga super fofa que tinham.
Eu.

Jamais contaria meu segredo para alguém. Mas não adianta.
Todos dizem para desabafar com ele. Mas não dá.
Ele me atormenta. Me faz pensar na solidão, no desespero, na distancia, no amor.
O amor. Eu não gosto de amor. Não queria jamais amar alguém na vida a não ser a natureza, meus cachorros de estimação, eu e Deus.
O amor é malvado. Nos leva pro alto e, depois nos derruba do alto de um penhasco!

Eu não gosto e não quero amar ninguém mais.
Além de você.
Você me mostrou o caminho. Me mostrou o que eu não conseguia perceber e ver.
Valorizar. Eu não valorizava o que eu tinha, família, óh, família. Minha grande família.
Minha mãe. Eu a amo assim como amo a natureza. Eu posso estar de mal pro resto da minha vida com ela,
mas mesmo assim, ainda saberei que ela me ama o tanto quanto a amo.

Eu prometi pra mim que não iria mais amar, sofrer por amor a distancia.
Mas parece que esse é meu destino. Sofrer por amor limitado e longínquo,
pelo resto de minha vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou do que acabou de ler? Interessante, legal, poderia ser melhor? Se expresse para que eu saiba o que te agrada e fazer melhor! Sugira temas, envie críticas, elogios, recado! Este espaço é TODO seu. Até a próxima.

© NOME DO BLOG - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Milena Motta.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo